Notícias

  • Notícias do Programa
  • PotencializEE na Mídia

Conheça nossos especialistas em Eficiência Energética

Compartilhe:
Em 13 de julho de 2022, às 10:07
Câmera termográfica. Fonte: iStock.

O PotencializEE, em parceria com o SENAI-SP, iniciou os atendimentos dos pré-diagnósticos energéticos nas mais de 200 PMEs já inscritas no programa. Nossas equipes de especialistas atuam em 10 polos do estado de São Paulo: nas regiões de Indaiatuba, Bauru, Sorocaba, Jacareí, Araraquara, Sertãozinho, São José do Rio Preto, Marília, Presidente Prudente e São Paulo capital. 

Nós do PotencializEE  queremos que você conheça um pouco mais a ampla gama de profissionais da indústria com conhecimentos profundos em Eficiência Energética que integram o nosso time. Por isso, iniciaremos esta série que vai contar um pouco sobre a experiência de nossos especialistas:

Roney Salvadori, 20 anos de consultoria em Lean Manufacturing

Fonte: PotencializEE.

Engenheiro de produção mecânica formado pelo Centro Universitário Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, Roney Salvadori, de 56 anos, integra a equipe de especialistas em Eficiência Energética do SENAI-SP desde 2018, quando concluiu a pós-graduação na área pela instituição.

Morador da cidade de Jundiaí, o engenheiro tem experiência de mais de 20 anos em consultoria para indústrias brasileiras, principalmente do setor de metalurgia, sempre atuando com  Lean Manufacturing –  sistema de gestão que busca aumentar a eficiência e a produtividade reduzindo erros e redundâncias na produção industrial.

“O empresariado sempre quis ter Eficiência Energética, mas faltava um programa para auxiliar como mensurar e financiar a implementação dos projetos. O PotencializEE consegue dar margem para essa ação. O setor tem um campo enorme a ser desenvolvido, está sendo muito gratificante participar dele”,  disse Roney Salvadori.

No  PotencializEE,  Salvadori representa uma equipe com oito especialistas em Eficiência Energética formados pelo programa do polo da capital São Paulo. Ele e sua equipe trabalham realizando diagnósticos e implementando projetos para gerenciar e diminuir as perdas energéticas nas operações, levando a melhorias no desempenho de  produtividade dos processos industriais. Os potenciais de intervenção energética mais observados nesse início dos trabalhos são: gestão do ar comprimido e processos térmicos.

Fonte: Programa PotencializEE

Últimas notícias