Notícias

  • Notícias do Programa
  • PotencializEE na Mídia

Medidas de Eficiência Energética (EE) podem amenizar os efeitos da crise de energia

Compartilhe:
Em 4 de setembro de 2021, às 09:49

O Brasil atravessa a maior crise hídrica e energética dos últimos 91 anos, segundo anúncio feito pelo Ministério de Minas e Energia (MME) recentemente, (25/08), em rede nacional de comunicação. Na ocasião, a instituição recomendou à população que economize energia elétrica.

A medida é urgente e deve ser adotada também pelas indústrias, não apenas para resolver a situação crítica, mas como ferramenta de impacto estrutural capaz de gerar inúmeros benefícios. No momento que o país precisa operar usinas termelétricas, mais poluentes e mais caras, por causa da escassez de água nos reservatórios de hidrelétricas do Sudeste e do Centro-Oeste, a conservação de energia ganhou importância do ponto de vista estratégico. Com medidas de EE, as indústrias conseguem aumentar o desempenho económico e agregar valor sem impactar a segurança energética do país.

O setor industrial tem aumentado seu consumo energético, sendo responsável por 30% do consumo final de energia e quase 40% da eletricidade consumida no Brasil, além da emissão de 185 MtCO2 , totalizando 9% das emissões de gases de efeito estufa (GEE) do Brasil.  Os dados mostram que a indústria brasileira tem um potencial expressivo de EE que não está sendo aproveitado, na maioria dos casos podendo diminuir 1/3 de seu consumo de energia sem afetar suas atividades.

O Programa PotencializEE, iniciativa de cooperação técnica Brasil-Alemanha, visa apoiar pequenas e médias empresas industriais (PMEs) na implementação de medidas de EE, com suporte técnico e crédito acessível.

“Indústrias eficientes no consumo de energia são mais competitivas, pois reduzem gastos com energia e vulnerabilidade com custos de eletricidade, melhoram O&M (Operação e Manutenção) das instalações industriais, aumentam a valorização dos ativos e permitem a alocação de recursos em inovação”, diz Marco Schiewe, Diretor do Programa PotencializEE – Investimentos Transformadores em Eficiência Energética na Indústria. “Além disso, são beneficiadas em outros aspectos, como no impacto positivo na produtividade, saúde e bem-estar dos colaboradores, e ainda na imagem corporativa associada à postura de responsabilidade socioambiental”, conclui.

O programa PotencializEE deve engajar, até 2024, mais de 5 mil indústrias do estado de São Paulo, ao fomentar especialmente a diminuição do consumo de combustíveis fósseis. Ao final desde período, estima-se que a redução dos gastos das PMEs com recursos energéticos deve chegar a um total de R$ 170 milhões.

As indústrias interessadas em participar e realizar um pré-diagnóstico gratuito, devem se inscrever aqui.


Fonte: Programa PotencializEE

Últimas notícias