Notícias

  • Notícias do Programa
  • PotencializEE na Mídia

SENAI-SP, Ministério de Minas e Energia e GIZ lançam programa para apoiar PMEs em medidas de Eficiência Energética na indústria

Compartilhe:
Em 3 de setembro de 2021, às 17:55

Acontece quarta-feira, 08/09, às 11h, o evento virtual de lançamento do “PotencializEE – Programa Investimentos Transformadores em Eficiência Energética na Indústria”, que visa apoiar pequenas e médias empresas (PMEs) industriais do estado de São Paulo na implementação de medidas de Eficiência Energética (EE), com suporte técnico e crédito acessível. Para tanto, estão previstos recursos da ordem de R$ 110 milhões.

Participarão do evento representantes de instituições parceiras como Ministério de Minas e Energia, SENAI-SP, Embaixada da Alemanha, Embaixada do Reino Unido e União Europeia. Os respectivos porta-vozes apresentarão a iniciativa virtualmente aos convidados e falarão de sua importância, ressaltando os benefícios para as indústrias e os impactos ambientais a serem alcançados.

O programa irá fomentar a preparação e implementação de medidas, especialmente para a redução no consumo de combustíveis fósseis. Ao final dos quatro anos de vigência do PotencializEE, estima-se que a redução dos gastos das PMEs industriais com recursos energéticos deve chegar a um total de R$ 170 milhões.

Como resultado dos esforços, espera-se ainda estabelecer uma redução no consumo de energia elétrica e térmica nas indústrias, até 2024, da ordem de 7.267 GWh. As pequenas e médias indústrias serão também beneficiadas por ter colaboradores qualificados na Eficiência Energética e uma imagem corporativa positiva associada à mitigação dos efeitos das mudanças climáticas e a redução de poluentes de ar.

O impacto ambiental do programa referente à redução da emissão de gás carbônico na atmosfera é estimado em torno de 1,1 MtCO2e (milhões de toneladas de CO2 equivalente). Em nível nacional, o PotencializEE realizará simulações do efeito de novas políticas públicas nesta área para apresentar recomendações, promover tecnologias inovadoras, desenvolver novos mecanismos financeiros para este tipo de finalidade, entre outras ações.

Como funciona o Programa

As PMEs industriais (com menos de 499 funcionários), do estado de São Paulo, interessadas em participar devem se inscrever no site do PotencializEE para a realização de um pré-diagnóstico gratuito. Se for identificado potencial significativo de economia de energia, o passo seguinte é a contratação de um estudo mais profundo, subsidiado pelo programa, para a elaboração de um projeto de Eficiência Energética e, finalmente, sua implementação. Todo esse processo será conduzido por consultores do SENAI especialmente capacitados para esse desafio.

A partir da definição dos custos, a indústria tem a opção de utilizar os mecanismos de financiamentos para aquisição de tecnologias e execução do projeto.

Ao todo, o PotencializEE pretende mobilizar atéR$ 500 milhões para investimentos de baixo carbono em PMEs industriais por meio de instituições financeiras públicas e privadas. Para incentivar o interesse e a participação dos bancos e, assim, reduzir a necessidade de garantias por parte das industriais, será estabelecido um fundo garantidor de aproximadamente R$ 50 milhões, sendo preparado em parceria com a Desenvolve SP, banco do estado de São Paulo.

Tecnologias de ponta

Uma das frentes do PotencializEE é oferecer recomendações sobre equipamentos disponíveis e confiáveis em Eficiência Energética que estejam de acordo com os padrões e normas técnicas e de desempenho energético esperados. Serão disponibilizadas no site do programa 15 diferentes categorias de tecnologias gerenciadas. Essa ação deve ajudar as PMEs industriais e consultores de Eficiência Energética na escolha de soluções eficientes. Na elaboração do catálogo de tecnologias de Eficiência Energética, o PotencializEE contará com a participação do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento), que está desenvolvendo novos mecanismos para o financiamento de Eficiência Energética em nível nacional.

Para participar do evento faça sua inscrição aqui.

Sobre o PotencializEE

O PotencializEE é um Programa de Cooperação Brasil-Alemanha, liderado pelo MME (Ministério de Minas e Energia) e coordenado por meio da GIZ (Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit), Agência Alemã de Cooperação Internacional. O PotencializEE conta com recursos do Ministério Alemão do Meio Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear da Alemanha e da União Europeia. A iniciativa é uma contribuição das duas instituições para a NAMA Facility, um mecanismo de financiamento que tem como objetivo ajudar países em desenvolvimento e economias emergentes em seus esforços em direção à redução de emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa), contribuindo para o combate às mudanças climáticas.

O programa tem como parceiros estratégicos instituições federais ligadas aos setores de energia, indústria e financeiro. No âmbito federal, os parceiros são o MME (Ministério das Minas e Energia), ME (Ministério da Economia) e EPE (Empresa de Pesquisa Energética). No setor da indústria e energia, participam do programa o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), a FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e a ABESCO (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia). Entre os parceiros financeiros estão: Desenvolve SP (Banco do Estado de SP) e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento).

Fonte: Programa PotencializEE

Últimas notícias